domingo, 16 de setembro de 2012

Em Frente


Resolveu ir embora sem me avisar
Talvez por não gostar de despedidas
Ou dar as costas à quem tem boca
Nunca se sabe o que vão falar
E falam
Com o tempo percebi que tinha sumido de vez
Nunca mais vi
Agora, algumas poucas vezes eu não sinto saudade
Procurei em cada canto, em cada rosto
Em todo sentimento que me pareceu novo
Mas nada, nenhum sinal, nem que fizesse lembrar
Quem some, não quer ser encontrado, não quer voltar
E eu te entendo bem, Graça.