quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Chama

Eles se perdem por querer
Mesmo tendo o caminho dentro do peito, se perdem
Querendo te ver sorrir e não se importando com o que te faz bem
Ta difícil guardar tudo aqui dentro
Vontade de ver tudo queimar e sentir arder
Quando eu disser que não acredito mais
Acredite
Eu me devolvo para tudo que não é meu
Me guardo e me calo
Mas nunca é para sempre
Um dia, de tanto levar porrada, explode
Feche os olhos e conte até 10.