sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Por Mim

Mesmo com nossas bocas e pensamentos estragando tudo que tínhamos
O tempo preservou muita coisa
Coisas que hoje em dia eu sinto de uma forma diferente
Não é saudade, nem algo parecido
São retratos bonitos, que eu ainda guardo, com um certo orgulho
Não sei explicar se é o orgulho de ter crescido mais, enquanto estivemos distantes, ou se é um orgulho desses sem muito valor, de um dia ter achado que estaria bem para sempre.
Então posso dizer, que hoje sim eu me sinto bem, acertei todas as contas e estou sem saldo devedor, não penso em recuperar nada, não perdi nada, nada foi meu e talvez nem queria que fosse.
Tem coisas que nunca possuímos e outras ficam com a gente para sempre, assim como alguns pedaços nossos que também são arrancados e acabam se tornando partes de outro alguém.
Eu gosto de ser assim, diferente de ti, diferente de mim, tudo no improviso, tem dias que eu não sei o que o eu vai falar, fazer ou como vai agir, acabo sempre me surpreendendo comigo e só consigo entender tudo com clareza depois de um certo bom tempo, assim como agora te entendo, eu.