domingo, 12 de dezembro de 2010

Meia Noite

Quantas vezes fechou os olhos e me enxergou?
Ouviu essa melodia e sentiu que foi feita pra ti?
Tu sabes que tudo isso vai se apagar, no tempo que não é nosso
E o que é nosso, ninguém consegue apagar
Nem que tu suspeites que esse amor seja o ódio fantasiado, tentando te enganar
Não é, tu sabes que não é
Eu só espero que não espere mais nada vindo de qualquer lado que eu esteja
As crianças cresceram e a história não acaba enquanto houver vida
A gente cresceu demais, esquecendo de olhar para o chão
Porque lá ficou tanta coisa.