terça-feira, 9 de julho de 2013

Televisão


Eu sempre gostei de ouvir boas histórias
História real, história inventada com um fundo de verdade
Gosto de ouvir o que cada um carrega e gosta de contar
O triste ou o feliz, mal sei como chamar esse sentimento
É que tenho a ser atraído pelas histórias dramáticas
Aquela frase que dói na gente, aquele trecho que traz saudade, as palavras que um dia
eu pensei ou ainda penso em dizer para alguém
Tudo isso me fascina, não só por concordar com a ideia, mas por perceber que esse mundo louco
Não foi feito só pra eu me perder
Não sei se por ter uma adoração pela tristeza e por não ter a atenção chamada por longas histórias
sorridentes do inicio ao fim
que acabo deixando tudo que escrevo em um tom triste
Pelo menos é como leio tudo que escrevo, é como já me disseram e dizem ser
Eu não sei bem explicar o que é
Mas isso tem influenciado muito na minha vida
De repente, de uma história simplesmente sem graça
Sem a mínima importância, consigo transformar no maior drama da vida no momento
E tentar fazer disso uma linda história a ser contada
Sim, pelo meu gosto, a história a ser contada precisa ter dor
Quem sabe seja esse o único sentimento que eu consiga expressar bem com a minha sinceridade
Certamente o ouvinte ou leitor irá ficar impressionado e quem sabe algumas vezes até comover-se
Como eu me comovo com a tristeza que eu assisto.