terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Seguro o meu impulso
Que difícil que é segurar esse nó no peito, esse nó na garganta, esse nó
Impulso de tudo que eu sinto
Eu sinto demais o tempo inteiro
Um exagero de sentimentos exagerados
Quem dera deixar desatar logo
Mas seguro com força
Ainda seguro.