segunda-feira, 3 de maio de 2010

Há sinceridade

A força leve que um abraço sincero tem
Medida com o peito
O mesmo jeito de ser
Estando dos dois lados
O jeito simples de ver tudo que pareceu ser tão complicado
E tudo que não nasceu aos olhos
Apenas saíram pela boca de quem te quis bem
A dúvida se tornou certeza
Quando à mesa há dois
Estar sozinho
Sem se sentir tão só
Estar sozinho
Sem se ser só um.