sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Behaviour

Era só um sorriso, só

Ela disse que ficaria tudo bem

Mas o olhar não desejava mais

Tem algo ainda ali, trancado

Tem sim

Tem algo pedindo para ficar bem

E talvez fique para sempre assim

Como um pedido de ajuda ecoando em um lugar vazio, feito para transbordar

Todas as coisas que ele dizia para mostrar que não ligava

Eram importância disfarçada de orgulho, brincando ao redor da vida

Vida que dança, a moça dança, dança livre por todo lugar

Como se nada mais existisse

O que ainda existe?

Ela era uma sonhadora

Sem saber lidar com o que tinha

E tinha tudo

Voou tão alto e o limite se perdeu, não o seu limite

Preferir não pensar no que pensa a todo o momento

O que não queria ter, tem para sempre

Só ela soube como salvar

Não deixou morrer, mas aprisiona sem cuidar

É só um sorriso, só.